Fondazione peril meglio

Missionários Retornados Escolhem Servir em Missões Diplomáticas

novembro 1, 2012 por  
Arquivado como Histórias de Fé

Por Keith L. Brown

Eles são rapazes e moças comuns, membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (frequentemente chamada de Igreja Mórmon). Eles talvez difiram de seus pares por viverem suas vidas em base a um conjunto de regras morais e padrões elevados. Muitos deles amam o evangelho e se prepararam para viverem de acordo com a vontade do Senhor – fazendo as coisas que Ele gostaria que fizessem.

Por dois anos, muitos deles voluntariamente deixam suas famílias e vão trabalhar na vinha do Senhor, em qualquer parte do mundo em que são chamados a servir. Antes de deixar as suas casas, eles trabalham para ganhar e poupar dinheiro que será usado durante o período em que estarão distantes de seus lares. Eles possuem um aspecto asseado e usam ternos com camisas brancas e gravatas, e as moças usam blusas sóbrias e saias ou vestidos. Dia após dia eles saem como embaixadores do Senhor Jesus Cristo pregando e ensinando o evangelho restaurado. Quem são esses jovens? Eles são os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Os dois anos de trabalho duro no campo os prepara para muitos dos novos desafios que enfrentaram quando retornarem a casa. Como muitos destes jovens missionários servem em vários países estrangeiros ao redor do mundo, desenvolvem habilidades linguísticas e aprendem a cultura e costumes estrangeiros, fazendo deles potenciais candidatos para servirem em missões diplomáticas para o seu país de origem.

Este é o caso do missionário retornado Robert S. Beecroft, um graduado da Universidade Brigham Young (BYU) que serviu uma missão de dois anos para a Igreja SUD na Argentina. Beercroft foi recentemente nomeado pelo Presidente Obama como o novo embaixador dos Estados Unidos no Iraque.

Um ano atrás, Matthew Tueller, outro graduado da BYU e missionário retornado, foi chamado para ser embaixador no Kuwait. É claro que o embaixador SUD mais famoso é o ex-governador de Utah e ex-candidato a presidência dos Estados Unidos, Jon Huntsman, que serviu na China.

Beercroft é um diplomata de carreira. Ele foi embaixador na Jordânia de 2008 a 2011, e está servindo na embaixada no Iraque desde este ano. Ele chegou ao Iraque em 2011 como delegado chefe da missão e no dia 1 de junho de 2012, ele se tornou charge d’affaires depois da saída do embaixador James Jeffrey. Ele foi escolhido depois que Brett McGurk, a primeira escolha de Obama, ter retirado sua candidatura por causa de alguns “e-mails picantes” entre o diplomata casado e uma repórter do Wall Street Journal. Os dois acabaram se casando. Beercroft ainda espera a aprovação do Senado para ocupar seu novo posto.

Recursos Adicionais

Crenças Básicas Mórmons

Summary
Article Name
Missionários Retornados Escolhem Servir em Missões Diplomáticas
Author
Description
Ex-missionários mórmons escolhem seguir a profissão de embaixadores.

Dê a Sua Opinião

Diga o que você esta pensando...
e se você quiser escolher uma foto para aparecer no seu comentário, crie um avatar!


Copyright © 2015 Fundação Para o Melhor. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.